WIP – Work In Progress /processo (2)

Imagem: Freepik/Stories

Escrita e roteiro não-linear

WIPs/Woks in progress ou processos podem ser feitos em ordem cronológica ou não (reescrita de texto, p.ex.).

Mesmo o autor sendo profissional da escrita erros de continuidade existem; assim sendo. seguem aqui ideías pra evitar erros em trabalhos do tipo WIP:

Continuar lendo “WIP – Work In Progress /processo (2)”

11 Mitos do SEO

[Atualizado em 12.6.2020]
Este texto não é uma verdade absoluta, e sim um ponto de vista sobre o SEO.

Não existe uma única maneira de se fazer as coisas nem de se interpretar os fatos, mas tento descrever aqui minha visão sobre lugares-comuns do mercado para tentar levar você, leitor, a olhar para o SEO de uma forma diferente e assim, trilhar caminhos novos, com novos e melhores resultados:

Continuar lendo “11 Mitos do SEO”

WIP – Work In Progress para designers e escritores

Imagem: Freepik/SlidesGo

Introdução

Certos trabalhos são definidos durante a produção: tiras de quadrinhos, novelas, seriados, obras autorais, podendo ser produção diária ou mensal.

Em qualquer caso, se a audiência ou o estilo de escrita definem o rumo da “obra aberta” (*), a mesma ao final não pode ter erros de continuidade – situações que não se fecham ou são ignoradas; ou detalhes que aparecem no meio mas não existiam no inicio.

Em animação existe o character design, um conjunto de técnicas – o style/character sheet e model sheet – que ajudam a definir personagens. Basicamente são a definição da aparência (model) e características psicológicas (style) das personagens.

Escritores e atores possuem técnicas semelhantes ou próprias para construção de personagens.

Queria dar minha contribuição para escritores e desenhistas que tem de lidar com WIP em seus trabalhos, evitando erros de continuidade, seja ao desenhar, escrever ou ambos.

Continuar lendo “WIP – Work In Progress para designers e escritores”

Guia para clientes de design, de primeira viagem

designer-primeira-viagem
Imagem: Guia do Estudante.

Ninguém nasce sabendo tudo. Todos nós contratamos encanadores, médicos, advogados, corretores de imóveis para nos auxiliar a fazer algo que conhecemos pouco, nada ou quase nada.
Ou que sabemos fazer mas não tenos tempo ou interesse de fazer, profissionalmente falando.

Eu conserto calçados, mas eventualmente levo meu calçado num sapateiro que tem mais ferramentas e material, para consertar calçados em menos tempo que eu, p.ex.

Com design é a mesma coisa.

Assim como máquina fotográfica não faz um fotógrafo, nem panela de pressão faz um cozinheiro, você não faz design, se não for designer.

Alguém sempre vai dizer: “Ah, mas tem muita gente que não estudou a profissão mas atua nela”.
Falou bem: atua nela, ganha $ com isso, de tanto que praticou a profissão, ao contrário do curioso, que faz por hobby.

Entendido isso, vamos tentar esclarecer alguns erros comuns de quem resolve desenvolver um trabalho de design e não entende muito do assunto:

Continuar lendo “Guia para clientes de design, de primeira viagem”

Ilustração: guia do cliente

Apesar de achar que esse guia serve para qualquer tipo de serviço, estou focando na encomenda de serviços de ilustração.
Mesmo sabendo que muitos trabalhos que envolvem ilustrações são um “work in progress”/trabalho em andamento (finalizado enquanto é planejado), algumas dicas são úteis tanto para os cliente como pros ilustradores.

Imagem: freepik.com – VectorPocket

Continuar lendo “Ilustração: guia do cliente”

Produção editorial guia do cliente

Antes de tudo: este texto não é longo, é um resumo de algo que também pode ser conversado com cliente e contratado, pessoalmente.
Resolvi fazer este pequeno guia sobre produção editorial para você que deseja encomendar serviços que envolvem o desenvolvimento de livros, livretos, manuais ou qualquer tipo de livro impresso ou digital.
Motivo: ninguém sabe tudo, mas saber o básico agiliza a encomenda e entrega deste tipo de serviço.
O ideal é ter uma única pessoa responsável pela realização do livro (normalmente o editor) mas se optar por ter colaboradores em separado essas dicas serão úteis.
Assim sendo, vamos lá: você é um(a) autor(a) e deseja transformar sua idéia em um livro (conteúdo escrito e visual).

Continuar lendo “Produção editorial guia do cliente”

Orçamentos de baixa, média e alta fidelidade      

Apesar de parecer óbvio, a finalidade do orçamento é dar um valor e prazo exato para um serviço contratado, mas vai além: o orçamento também pode ter a função de mostruário, show-room, amostra do serviço a ser entregue, semelhante ao portfólio de serviços, pois tanto o valor como a amostra do que vai ser entregue são fatores de decisão do cliente.
Categorias de orçamentos
Nesse sentido eu defino o orçamento em categorias de baixa, média e alta fidelidade.
freepik-budget-rawpixel-orcamento

Continuar lendo “Orçamentos de baixa, média e alta fidelidade      “